Dataprom

Dataprom desenvolve projeto inovador de Semáforos Inteligentes com ajuda do Altium

Inovação e investimento em segurança no trânsito definem o projeto desenvolvido pela empresa Dataprom para as ruas da cidade de Curitiba, no Paraná. Mais de 30 cruzamentos da capital paranaense contam atualmente com o Semáforo Inteligente, um sistema que beneficia pessoas com mobilidade reduzida através de uma botoeira especial acoplada ao semáforo. Cada vez que um idoso ou deficiente físico aproxima o cartão magnético isento do transporte coletivo, o tempo de sinal verde para o pedestre aumenta de 12 para 18 segundos. Ao todo são 120 equipamentos instalados nos semáforos de Curitiba e a previsão da Prefeitura Municipal é que mais de 170 mil pessoas sejam beneficiadas com a iniciativa.

Para conseguir colocar em funcionamento o Semáforo Inteligente, todo o sistema deveria funcionar de forma integrada, desde o leitor do cartão até a contagem dos segundos para a travessia dos pedestres na via. A Dataprom investiu na solução Altium, fornecido pela SKA, para desenvolver todo o projeto da placa eletrônica da botoeira. A implantação da tecnologia garantiu mais agilidade no desenvolvimento do projeto, assim como na elaboração do protótipo eletrônico do modelo, que dispensou a necessidade de terceirização, como ocorria em projetos anteriores elaborados sem o apoio da tecnologia. “Estamos usando a ferramenta em sua totalidade e estamos muito satisfeitos”, afirma o Gerente de Integração, João Franqueto.  

Aqui na imagem é possível ver a versão do projeto no Altium:

O sistema inovador desenvolvido e implantado pela Dataprom rendeu à Prefeitura de Curitiba o maior prêmio em segurança viária no mundo - o Prince Michael International Awards. Além dele, também conquistou o Hermés de IÍnnovation 2014, na categoria “Qualidade de Vida das Cidades”.

Recentemente a Dataprom iniciou um forte trabalho de renovação de todos os projetos de controladores semafóricos já desenvolvidos na empresa e o Altium será responsável pelas atualizações das placas eletrônicas, que devem ser concluídas até o final do ano. “O Altium nos garante facilidade na atualização, pois conseguimos importar nossos projetos legados”, comemora Franqueto.

 

<< Mais clientes